top of page

A Eficácia do Conceito FNP para o Controle Postural em Pacientes após AVC

Atualizado: 27 de mai. de 2023

Uma das funções mais importantes do sistema nervoso central é coordenar a postura e o movimento para estabilizar o corpo durante movimentos. Sendo assim, a função do sistema central é fornecer estabilidade suficiente para lidar com as demandas do ambiente, mantendo a postura da coluna vertebral, durante a atividade funcional para suportar as cargas estáticas e dinâmicas impostas pelas tarefas.


Em pacientes pós AVC, a limitação da mobilidade do tronco ocasiona desequilíbrio corporal, o que pode ocasionar, o aumento da espasticidade dos músculos e deficiências no controle motor. O paciente tende a manter uma postura assimétrica, com distribuição de peso menor sobre o lado mais afetado, transferindo o peso corporal para o lado menos afetado. Isso ocorre estando ele sentado ou em pé, passando da posição sentada para a ortostase ou na marcha.

Essa assimetria, a dificuldade em transferir o peso para o lado mais afetado, a espasticidade e a fraqueza muscular interferem na capacidade de manter o controle postural, dificultando a orientação e estabilidade para realizar movimentos funcionais com o tronco e membros. Nesse sentido, estudos recentes revelam que o treinamento do core melhora o equilíbrio estático e dinâmico em pacientes após AVC.


Os estudos sugerem que as técnicas de FNP podem ajudar a facilitar o movimento do tronco. Por meio da estabilidade pélvica é possível melhorar o controle motor, por exemplo, para as trocas de decúbitos, gerando menor gasto energético para desenvolver atividades cotidianas. A pelve fornece suporte para a musculatura central, e é responsável pela manutenção da estabilidade da coluna, além de auxiliar na transferência de forças para a execução da marcha.



Referências:

CABRERA-MARTOS, I. et al. The Effectiveness of Core Exercising for Postural Control in Patients with Stroke: A Systematic Review and Meta-Analysis. PM and R, v. 12, n. 11, p. 1157–1168, 2020.

SHARMA, V.; KAUR, J. Effect of core strengthening with pelvic proprioceptive neuromuscular facilitation on trunk, balance, gait, and function in chronic stroke. Journal of Exercise Rehabilitation, v. 13, n. 2, p. 200–205, 2017.




72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page